Foda Sagrada

from: Ágata Benício <benicio…@gmail.com>

to: Hetera <xxxhete…@gmail.com>

date: Sat, Mar 24, at 11:20 PM

subject: foda sagrada

Gata,

Aconteceu hoje a coisa mais fantástica. Preciso contar, veja se não é inacreditável. Hoje, por volta do meio dia, duas pessoas transavam dentro de um carro, como se não houvesse amanhã (juro), em plena W3. É sério. E elas eram tão lindas, Hetera, elas eram tão livres, elas eram tão sãs! Foi assim: eu estava a pé, indo pro meu carro. De repente, sinto um movimento, uma perturbação. É algo sobre este carro que está logo à minha frente. Eu diminuo o passo, com medo, medo urbano, medo de sempre. Mas vejo que é diferente, que tem algo diferente, as janelas estão semiabertas, tem calor, tem umidade, tem movimento, que som é esse? Eu chego mais perto, não entendo muito, aperto os olhos e súbito identifico. Duas pessoas trepando.

Abaixo imediatamente. Preciso de algum jeito confirmar a sensação. Meus olhos me enganaram. É a W3, gente, tá cheio de gente passando! Devo estar doida. Sem me levantar, afino a audição. O som é claro, o som é pulsante. Elas gemem e elas falam, Hetera. Elas gemem e falam e trepam. Na hora só pensei que eu precisava me sentar. Sentar pra me recuperar. Eu não tava acreditando nessa cena. Claro, a cena mesmo eu não via, era uma cena sonora, mas não tinha dúvida, eu só precisava ir preenchendo a imagem a cada sobra, a cada sombra de palavra, de ruído, de movimento. Eu escutei tesão? Eu escutei coxa? Tua boceta me cala, Juliana, tua boceta me cala. Mete, mete feito bicho. É um homem e uma mulher, concluo. Homem e mulher nesse carro. E eu tava ali, escutando. Nessa hora, Hetera – não preciso dizer que este é um material óbvio para o nosso projeto de contos eróticos -, nessa hora eu me dei conta. Eu tava sentada num meio fio quente, escutando um casal trepar. Na W3. E era um delícia. Principalmente aquilo da tua boceta me cala. Ah!

Menina, aquilo me assaltou de um jeito (tua boceta me cala!) que eu tomei uma decisão, que, em verdade, se impôs como um dever: eu ia proteger aquela trepada. Eu ia proteger de transeunte, de polícia, de sol e de chuva. Da noite e do assalto, da hora, da pressa, eu ia proteger do trânsito. Eu ia proteger aquela trepada do amor, Hetera, eu ia proteger da moral, eu ia proteger aquela foda dos bons costumes. Fechei os punhos e então passei a olhar pros lados, me sentindo dotada de um poder sobrenatural. Uma Deusa! A Deusa protetora das trepadas justas (sim, porque havia justiça naquela trepada). Aquilo não era uma trepada qualquer e aquela força rompeu ali, em plena W3. Hetera, eu defendia uma foda sagrada!

Levantei com cuidado, ainda ouvindo aqueles seres sagrados se comerem. Foi então que por um segundo, por apenas um segundo, eu vi, Hetera. O sol batia bem em cima de uma cona morena, aberta. Uma mata espessa, brilhante, por onde se afundava uma cabeça e uma língua viva, faminta. Eles são livres e eles são lindos. Ah, Hetera, eu quero essa trepada pra mim.

Defender este acontecimento foi simples, afinal. Fiquei andando em círculos, desviando a trajetória e o olhar dos transeuntes com os meus poderes.  Mas tomei isso tudo como um sinal. Hetera, vamos escrever esses contos logo, vamos fazer esse povo trepar mais e melhor. Vamos fazer das nossas estórias uma benção, um território livre, vamos proteger as nossas trepadas e a de todos os nossos!

Por uma foda sublime, que tal?!!!

Tá dentro?

Beijos de Deusa,
Ágata

7 Comentários

Arquivado em Calcinha branca

7 Respostas para “Foda Sagrada

  1. Escreva estes contos logo! Estou doida para ler ; )

  2. Hetera

    Muitas fodas sagradas esperando pela tradução de sua pena, Ágata!

  3. Maravilhosos os seus contos… enrubresceram a minha madrugada fria. Beijo!

  4. Aracy Roza

    Meninas, acabei de descobrir e estou adorando!!! Penetrem fundo e gozem todas essas excelentes estórias.. “tua boceta me cala”… ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s